Processo político: revolução e contrarrevolução | Political Process: Revolution and Counter-revolution [9]

Andréa Lisly Gonçalves (Universidade Federal de Ouro Preto). Liberalismo e contrarrevolução no contexto de crise dos impérios modernos: Portugal (1828-1834) | Liberalism and Counter-revolution in the context of crisis of the modern Empires: Portugal (1828-1834) 

Daniel Estudante Protásio (Centro de História – Universidade de Lisboa e Ceis20 – Universidade de Coimbra). Conservador, Contra-revolucionário…Miguelista? O ideário político do Visconde de Santarém (1819-1834) | Conservative, Counter-Revolutionary… Miguelist? Viscount of Santarém’s Ideology (1819-1834)

Josep Escrig Rosa (Universitat de València). El mito contrarrevolucionario de la conspiración universal y las independências iberoamericanas | The counterrevolutionary myth of the universal conspiracy and Ibero-American independence

Madelaine Irene Salvador (Faculdade de Letras – Universidade do Porto). A relação entre Portugal e a França no período da Restauração dos Bourbons de 1815 a 1830: consequências na política portuguesa | Relationship between Portugal and France during the Bourbon Restoration period from 1815 to 1830: consequences for the Portuguese foreign policy

Manuel Marques Caiado (Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design e FCSH – Universidade Nova de Lisboa). António Saldanha da Gama: Do pensamento contra-revolucionário à acção diplomática no contexto ibérico (1820-1823) | António Saldanha da Gama: From the counterrevolutionary thinking to the diplomatic action in the Iberian context (1820-1823)

Oliver Zajac (Institute of History – Slovak Academy of Sciences). A terra prometida do absolutismo?: Exílio de Dom Miguel no Império Austríaco e a percepção da sua personalidade e habilidades pelo príncipe Metternich | The promised land of absolutism? : Don Miguel’s exile in the Austrian Empire and perception of his personality and abilities by Prince Metternich

Paulo Drumond Braga (Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes). Duas princesas contra-revolucionárias: D. Maria Teresa e D. Maria Francisca de Assis, filhas de D. João VI

Paulo Jorge Fernandes (FCSH, Universidade Nova de Lisboa) e Evaristo Caixeta Pimenta (Universidade Federal de Minas Gerais). A representação dos proscritos: ideologia e conflito nas eleições para as cortes ordinárias portuguesas de 1822 | Representing the outcasts: ideology and conflict at the Portuguese parliamentary elections of 1822

Ramon Arnabat Mata (Universitat Rovira i Virgili). A comparative analysis of the counterrevolution in Europe | Uma análise comparativa da contra-revolução na Europa